Ao contrário do que Urano, Netuno representa o sentido de coletivo, prevalecendo sobre a individualidade, o desejo de sentir-se “nós” (por exemplo: o socialismo, cristianismo, etc.). Representa a inspiração, o idealismo, as imagens surreais, os sonhos. Está associada com a tendência ao escapismo”, para fugir da realidade ou a pintarla de cor-de-rosa.
Representa o sentido da fuga, o evitar de enfrentar os fatos, a realidade da situação. Tem também muito a ver com a ambiguidade, os estados de dúvida, de não saber o que fazer, de querer estar “com Deus e com o Diabo” ao mesmo tempo. Seu efeito mais típico é o de atuar como “solvente”, o de colocar barreiras nubosas às nossas idéias ou critérios, podendo por isso ser um instrumento de confusões, mal-entendidos e complicações.
É o planeta do descontentamento divino, não há fronteiras nem metas que satisfaçam, Está associada com as drogas e alucinógenos, os estados alterados da consciência, mas também, em seu lado mais positivo, com a experiência mística e a religiosidade profunda. É o planeta dos caprichos (junto com a Lua), e também se lhe atribui uma notável influência na predisposição para a música e as artes em geral.